Ti Ti Ti da Pietra

Emoções de ser mãe em tempo real

Super fã da dona rotina 05/11/2010

Sempre gostei de rotina, mesmo quando estou em casa acabo inventando uma rotina. Parece que preenche o dia, não fico com a sensação de não ter nada para fazer.

Com a gravidez não foi diferente. Li 500 coisas a respeito de rotina de bebês inclusive da polêmica encantadora. Comecei a ler o livro azul ainda grávida e achei que tudo seriam flores. Ai a ilusão materna de primeiríssima viajem. No livro a autora propõe que pais façam um quiz para descobrir qual seu tipo de bebê, que ela classifica como: anjo (sonho de todas os pais), livro texto, enérgico e irritável. Fiz o tal questionário e empatou entre livro-texto e anjo.

Eba. Meio caminho andado certo? Errado! Eu sei que a Pietra não daqueles bebês que fazem os pais arrancarem os cabelos, mas adaptar esse sersinho a nova vida extra-útero exige enorme paciência.

Primeiro conselho que dou. Livre-se da pressão social. Não é porque 20 pessoas te perguntam por semana se seu bebê dorme a noite toda ele tem que dormir. Para com isso gente, cada criança é única e apesar da concepção de cada pai sobre a forma de educação é preciso respeitar o timming de cada criança. Sim, é verdade, nem todas as crianças dormem de 23h às 6h da manhã direto, sem escalas.

Com a gente foi e está sendo assim: primeiro, logo quando a Pietra chegou defini um horário para o banho dela. Porque acho que é a tarefa mais fácil de estabelecer um horário. Então ficou às 10h da manhã. Uma porque a pediatra pediu para dar banho sempre de manhã e porque não era tão cedo. Pronto. Independente de como tinha sido a noite anterior, mesmo se eu tivesse dormido apenas 2 horas, às 10 estávamos lá, na bacia (Pietra toma banho de bacia tá!). Aí a rotina era: mamava um pouquinho para acalmar, tomava banho, mamava mais um pouquinho e cochilava.

Depois tirei essa mamada de antes, e agora ela toma banho comigo no chuveiro, eu a arrumo, deixo ela no berço, termino meu banho (rapidim) e dou mamá. Ela não dorme mais depois desse mamá. Já tá mocinha.rs

A segunda rotina que implantei foi das mamadas. Ui, tarefa difícil para bebê esganado que quer mamar a cada hora. Essa doeu, escutei muito choro, mas conseguimos. Só amamentava a cada 2 horas. Foi sofrido mas surtiu resultado, até hoje ela não faz o peito de chupeta e agora pede para mamar a cada 2h e meia, 3 horas. Nem controlo mais o horário, ela parece um despertador. Então ela mama mais ou menos assim: 8h 30 (acorda) 11h (depois do banho), 14h (quando acorda do cochilo), 16h30, 18h30, 20h30 (aqui ela dorme), 23h30 (mamada dos sonhos na mamadeira) e tchan na na na … ou 4h ou 5h (ainda estamos nessa luta, de ontem para hoje por exemplo ela acordou às 3h50, mas só amamentei às 4h30). Esse aqui vai render outro post, acabei de me ligar nisso. Prometido, rotina do sono.

Pronto. Então nosso dia é mais ou menos assim:

8h30 – acorda e mama

9h – brinca com a mamãe. Adoro. Ela acorda suuuuper bem humorada e conversa horrores. Acho que ela faz isso pra me deixar de bom humor depois da noite mal dormida, e ela consegue.

9h 30 – fica no carrinho enquanto eu tomo café e arrumo a cama.

10h – banho

10h 30 – fica no berço enquanto eu tomo banho

11h – mama

11h30 – fica no carrinho ou cadeirinha enquanto eu faço as minhas coisas

12h30 às 13h30 – cochilo (eu almoço)

14h – mama

14h30 – brinca com a mamãe

15h – brinca no tapete (antes era no sofá, mas já aprendemos que não pode)

15h30 – cochilo

16h30 – mama

17h – carrinho ou cadeirinha

18h – hora do enjoo, particularidade da minha gatinha, eu fico perambulando com ela até a hora de dormir. Fica muito, muito chata.

19h30 / 20h – banho de ofurô (ou balde Sanremo para os íntimos), massagem, mamá e cama.

23h30 – mamada dos sonhos (agora to conseguindo tirar o meu leite e ponho na mamadeira)

5h – mama e dorme de novo

É claro que isso não fica pregado na geladeira da minha casa e sigo à risca, mas é mais ou menos assim que são nossos dias. A rotina também precisa ter certa flexibilidade para não frustrar os pais. Por exemplo. Domingo fui a um churrasco na casa da minha mão. Sem estresse, 19h 30 dei banho nela no chuveiro, não fiz massagem porque não levei o óleo e ela dormiu na cama da vovó. Voltamos para casa por volta de 0h, quando dei mamá e ela dormiu até às 4h20.

Depois escrevo sobre a luta do soninho.

Bjs

Helena

Anúncios
 

 
%d blogueiros gostam disto: