Ti Ti Ti da Pietra

Emoções de ser mãe em tempo real

Ética na blogosfera. Eu levanto a mão 25/10/2010

Filed under: Ética,Notícias — Ti Ti Ti da Pietra @ 13:55
Tags: , , , , ,

Na última semana a blogueira Camila dona do blog http://mamaetaocupada.blogspot.com, teve seu perfil copiado. Exatamente, o perfil. Não acredito que existam muitas mulheres por ai que sejam psicólogas e mãe de 3 crianças, 2 meninos gêmeos e uma menina. Essa foi a gota d’água para muitos já plagiados blogueiros organizarem uma postagem coletiva sobre o assunto.

Que ctrl C + ctrl V existe não é novo. Acho que desde o início da internet a coisa mais fácil de se fazer é apropriar-se de um trecho de livro, de uma citação, de um artigo qualquer para enriquecer textos mais ou menos mundo virtual afora. Mas qual seria o limite do plágio? Pois é, chegamos a um capítulo meio absurdo, a cópia de um perfil, e não digo a criação de um fake, mas sim de uma pessoa que achou o outro – ou a vida do outro, mais interessante que a sua e não teve escrúpulos de apertar as quatro teclinhas mágicas e apoderar-se do conteúdo.

A vida virtual é apenas extenção da vida real. Tudo que vivo e quem sou é único. Toda mãe vacina seus filhos, mas essa pequena aventura só eu vivi, muitas mães amamentam, mas essa situação apenas eu experimentei. Só existe uma Pietra, filha da Helena e do Rudy, que detesta chupetas e está tentando se adaptar ao bico da mamadeira. Cada momento da nossa vida é protegido, não tem cópia, mesmo que outras pessoas digam que viveram coisas parecidas, existe um código de barras ímpar, uma impressão digital.

Disseminar uma ideia é a melhor parte da rede. Pensamentos maravilhosos podem ser infinitamente multiplicados, o que acho válido, uma vez que vivemos em tempos onde cada vez mais não existe o aprisionamento de ideias. De forma muito simples coisas que se passem na mente de um, passam a ser coisas que se passam na cabeça de milhares, e porque não de milhões.

Aderi a campanha pelo simples fato de que gosto muito desse mundo virtual que me permite tanta coisa, desde contar pequenas aventuras com minha filha até entender como funciona seu pequeno e complexo organismo, mas que como tudo na vida precisa sim de ética e porque não de caráter.

Bjs.

Helena

 

 

 

 
%d blogueiros gostam disto: