Ti Ti Ti da Pietra

Emoções de ser mãe em tempo real

Meu dia estranho 28/10/2010

Filed under: Notícias — Ti Ti Ti da Pietra @ 11:31

Gente, ontem eu tive o dia mais estranho da minha vida. Estava tudo bem, eu tava brincando no sofá e minha mãe tava do meu lado fazendo qualquer coisa. De repente ela sumiu. Eu fiquei tentando fazer umas coisas novas. E consegui! Eu virei. Só que caí no chão. Até que fiquei assustada na hora e chorei, mas a minha mãe… parecida bebê de berçário. Depois ela me levou num lugar estranho, cheio de gente, tirei foto com uma máquina gigante. Do nada minha vó Aída apareceu. E para terminar minha mãe dormiu no meu quarto. Não entendi nada. Foi um dia muito estranho. To contando tudo pra minha vó aí embaixo.

bjinhos

Pietra

Traduzindo: ontem eu estava com a Pietra aqui em casa. Ela estava no sofá, como sempre ficava até ontem,e eu fui à cozinha. Fui rápido, mas apareceu uma barata e me distraí matando a barata. Demorei demais na cozinha. Foi quando eu ouvi o pio choro de todos. Um berro desesperado. Quando cheguei na sala olhei para o sofá e não vi a Pietra, cheguei mais para frente e ela estava de barriga para baixo no chão chorando muito. Fiquei mais do que nervosa. Liguei para a pediatra e ela achou melhor levar no hospital para tirar um raio x.

Fomos de taxi porque não tinha a menor condição de dirigir. No hospital percebi que desespero de mãe faz transpor todas as barreiras e vergonhas. Sempre fui super envergonhada em furar fila, mas dessa vez não pensei duas vezes. Passei a frente de todo mundo e entreguei nossos documentos. Pedi para dar prioridade porque ela tinha caído no chão e estava sonolenta (foi por volta de 12h, hora que ela dorme todo dia, mas quem arrisca?).

Fiz a ficha e invadi o consultório da pediatra de plantão. Entrei e ela perguntou: Maria Clara? E eu: não. Pietra. Ela caiu no chão. Dá uma olhada nela.

A dra. (não lembro nem o nome da médica) examinou e disse que estava tudo bem, que pediria o raio x só para por precaução. Fomos para o raio x e descobri um outro lado da maternidade. A agressividade. Fomos atendidas por uma radiologista super grossa, que bufou, ficou impaciente com a Pietra… olha, que vontade de virar a mão nela, me segurei porque precisava da radiografia.

Concluindo. O raio x deu normal, e a médica pediu para observar 48 horas.

Foi um sufoco, mas tenho certeza que esse foi apenas o primeiro de muitos tombinhos.

PS.: parte engraçada da história. Diálogo entre eu e o taxista que nos levou ao hospital.

Taxista: A sra. ta nervosa, o que aconteceu?

Eu: ela caiu do sofá.

Taxista: Ihhhh. É muito alto?

Eu: não muito. Uns 50 cm.

Taxista: Ah. Com certeza machucou alguma coisa. A sra. pode não ter visto, mas com certeza machucou. Ou bracinho, ou perninha.

Eu: Hum.

Taxista: deu água?

Eu: ela mamou.

Taxista: Ih… Não pode dar água não. Nem comer nada. Peraí que vou comprar um chocolate para a minha mulher. (chamou o vendedor no sinal). Criança não pode ficar em lugar alto sozinha não. A sra. tem que colocar no colchonete no chão.

Eu: Hum.

Taxista: Deu R$ 10,50. Boa sorte lá.

Meu pensanto: Vai pra P***********.

Bjs.

Helena

Anúncios
 

12 Responses to “Meu dia estranho”

  1. Tia Paty Says:

    Que susto hein.. ainda bem que não foi nada!! O taxista só te ajudou a ficar mais nervosa né..tem sempre um pra piorar a situação!!
    Mas tá de parabéns Helena, passou pelo primeiro tombo da Pietra e sobreviveu, foi uma mãezona =).

    Adorei ela contando pra Tia Aida como foi o tombo..
    Tá uma gracinha como sempre.

    beijooos pra vc e pra princesa.

  2. Oi querida ba que coisa uma vez aconteceu isso com a Mariana, mas eu não levei no dr não, mae de segunda viagem é mais calma viu hehehe,com o caio o pai dele fazia a mesma coisa, eu ja sou mais calma, o principal é não deixar dormir mesmo…adorei a historia apesar da situação, sou como tu tambem brigo e xingo quem for, pode ate ser o papa, não quero saber meus filhos em primeiro lugar…beijcoas nessa lindeza, adorei o video!

  3. Nine Says:

    Guria, que sustão, em? Ainda bem que não nada de grave!

    Essas pequenas, né? Não dá para descuidar um segundo! A gente confia porque eles não fizeram “nada” e de repetente aprendem a se virar, e no pior momento, né?

    A Ísis caiu duas vezes: a primeira eu tinha deixado ela no bb conforto sobre a minha cama, mas sem o cinto, porque, né? O que ela poderia fazer? Fui na cozinha fazer não sei o quê e ouvi o baque e o choro! Eçla se virou no bb conforto e caiu! Credo, quase morri, mas não levei no hospital…

    Da segunda vez meu marido estava trocando a Ísis na cama e esqueceu de levantar a grade quando saiu para pegar a roupinha no armário. Foi um segundo, a pequena se jogou pra frente e caiu de cabeça! Dessa vez levamos no hospital e passamos pela mesma coisa que vc! Profissionais totalmente despreparados para atender bbs e as mães. Achei a radiografia uma sessão de tortura!

    Beijos!
    Nine

    • Nossa!!! Sabe que tenho o maior medo de deixar o bebe conforto em lugares altos. Eu prefiro deixar no chão. Minha prima me contou que uma vez a médica dela estava super chateada porque quase perdeu um bebe que a mãe deixou cair o bebe conforto.

      Ainda bem que foi so o susto!

      Bjkas

  4. Lauri Says:

    Que lindinha, a Pietra conversando! Fofa demais!
    É verdade, a gente não mede conseqüências quando o assunto é saúde do nosso filho, eu tbm já fiz coisas que nunca imaginei fazer mesmo sendo uma pessoa tranquila.
    E o taxista, que chato heim… (mas o seu relato deixou a história do taxista bem engraçada rsrs)
    Graças a Deus está tudo bem com a Pietra.
    bjs

  5. Renata Says:

    Oi querida!!!
    Aqui é a releo lá do e-family.
    Amei seu blog, lindíssimo e super interessante! Depois dá uma passadinha no nosso….rs!
    Beijinhosssssssssssss

  6. Marcos Murucci Says:

    Pietra sua levada, esta parecendo sua mãe que subia no sofá, pulava, caia no canto da cama, etc… Bem acho que você tem a quem puxar.

    Beijos do vo.

  7. Luciana Bansi Says:

    amiga, parabens pelo blog da pietra, ta lindo!!! Eela entao, nem te conto!!! Vc ta morando onde??? preciso conhece-la!!!

    Adorei a historia do leite artificial.. nutricionista formada, sou totalmente contra, igual vc era, mas imagino o desespero… sei q vou acabar indo pro mesmo caminho se sentir essa necessidade.

    bjks

  8. Says:

    Caraca Helena…que susto! Fiquei com peninha de vcs só de ler…Mas que bom que foi só um susto realmente!
    Agora essa do táxista…realmente…rs, eu morri de rir aqui! Tem gente que só chega perto pra falar exatamente aquilo que a gente NÃO quer ouvir, né?
    A minha última experiência foi com a Andréa, esposa do Ricardo – ” Estava tão nervosa na hr do parto, que precisei tomar 4x a anestesia e olha que DÓI MUITOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO”
    É…rs, acontece.
    Beijos queridona!

  9. patipapp Says:

    Nossa que susto mulher!!!!

    Imagino a tensao que foi o trajeto ate o hospital!!!

    Acho que o pior foi o fato de você não ter visto ela cair ne? Se vc estivesse do lad de repente podia saber se foi “Camera lenta”se o choro era mais susto do que dor, enfim!

    Faz parte ne?

    Tenho certeza que está tudo bem!!

    beijo

    Pati


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s